Estudo da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto identifica novo alvo para tratar melanoma

Estudo realizado por pesquisadores da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP mostrou que a inibição de um RNA (material contido no código genético), conhecido como RMEL3, pode reduzir em até 95% a viabilidade de células de melanoma.

Um tipo de câncer de pele, o melanoma corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA).

Os resultados ainda estão em fase experimental. Foram obtidos em culturas de células do melanoma, em trabalho coordenado pela pesquisadora Enilza Espreáfico, professora do Departamento de Biologia Celular e Molecular e Bioagentes Patogênicos da FMRP.

O estudo contou com colaboração do Centro de Terapia Celular (CTC) – um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) apoiados pela FAPESP na USP de Ribeirão Preto – e outros pesquisadores do Brasil e do exterior. Confira a íntegra do artigo sobre o assunto que acabou de ser publicado na revista Oncotarget.

Mais informações: (16) 2101-9350.

Referência: Portal de Informações da USP / Ribeirão Preto - Por: Rita Stella, com informações da Agência Fapesp.

Tags:

Compartilhe

Editor: Benedito Carlos Maciel
Corpo Editorial: Margaret de Castro, Benedito Carlos Maciel, Ricardo de Carvalho Cavalli
Coordenação Executiva: Célia Bíscaro
Assessoria Técnica: Seção Técnica de Informática da FMRP-USP
Assessoria: Assessoria de Imprensa do HCFMRP-USP, Assessoria de Imprensa HEAB, Assessoria de Imprensa do Hemocentro RP e Documentação Científica da FMRP-USP
Jornal Eletrônico do Complexo Acadêmico de Saúde - FMRP-USP | HCFMRP | FAEPA
2012 - Todos os Direitos Reservados - Fale Conosco