Equipe médica comemora cura de menina que comoveu a web ‘Estou curada’, conta Lorena após receber alta da quimioterapia. Youtuber conseguiu mais de 1 milhão de inscritos em canal Careca TV – g1.com.br

Heloísa Casonato *Do G1 Bauru e Marília

A equipe médica que acompanhou a menina de Jaú (SP) que comoveu a web com sua história de superação de um câncer no cérebro comemorou a cura após dois anos de tratamento. Lorena Reginato, de 13 anos, já havia publicado em sua página no Facebook que estava livre das sessões de quimioterapia. “Hoje eu posso dizer: eu estou curada”.

A youtuber, famosa pelo canal Careca TV, teve a boa notícia ao retornar ao médico na quinta-feira (26).  “Ela terminou o tratamento oncológico e todos os exames realizados não mostram qualquer sinal da doença inicial. Ela passa a ser acompanhada pela gente, mas agora em outro ambulatório, uma vez que o seu tratamento oncológico terminou. Não há nenhum sinal de recidiva daquela lesão que ela foi tratada”, afirma o neurocirurgião Hélio Rubens Machado.

Em seu primeiro vídeo, Lorena explica que tem a voz pausada e fragilizada devido ao tratamento de um câncer na parte posterior do cérebro. O tumor, diagnosticado em 2015, também afetou seus movimentos. "Eu ainda não estou andando, mas irei andar novamente. Só não sei quando, mas eu vou"

Lorena, que criou um canal no youtube e realizou o sonho de conseguir mais de 1 milhão de inscrito, vai continuar sendo acompanhada por médicos, fonoaudióloga e fisioterapeuta.

Para Fiorella Reginato, mãe da youtuber, a notícia que as duas receberam nesta quinta-feira resume o quanto valeu lutar contra a doença durante todo este tempo e um sonho que se realizou. “Quando entramos nesse mundo da doença parece que nunca vai ter fim e que vamos viver a dor pelo resto da vida. Mas hoje teve um fim. Foi um alívio e a família toda está muito contente. Em nenhum momento ela falou não vou, não quero ir. Ela encarou de cabeça erguida”, desabafa.

A próxima fase da vida da youtuber será de reabilitação. Ainda segundo Fiorella, Lorena passou a retomar a vida social. Ela passou a frequentar aulas de hidroginástica e retomou as idas ao cinema, que havia parado quando a saúde dela ficou fragilizada com a queda de neutrófilos.

Ainda vai levar um bom tempo até que ela volte a andar, mas para quem tem uma vida todinha pela frente, não custa nada esperar mais um pouco.  “Eu percebi ali que ninguém é melhor que ninguém, em um dia você pode estar bem, mas no outro pode estar em uma cama, com sonda, careca. Ninguém é melhor que ninguém”, afirma Lorena.

Sucesso na web
Lorena garante que vai manter seu canal no Youtube atualizado e que pretende contar aos inscritos no Careca TV as novidades sobre sua saúde. “Os médicos, meus amigos e também as pessoas da internet me deram muita força e foram muito importantes para mim. Então eu quero explicar direitinho como eu soube que fiquei curada”, afirma.

A menina também contou que ficou muito feliz com a repercussão de seu primeiro vídeo em pouco tempo. “Eu passei para agradecer todas as pessoas que curtiram, compartilharam, se inscreveram, comentaram. Muito obrigada. Eu nunca imaginei que ia ter tudo isso.” (Veja o acima)

Apesar de sempre sonhar em fazer vídeos, a moradora de Jaú (SP) nunca imaginou que faria sucesso. “Era só para me divertir, nunca achei que ia ‘bombar’. Agora que fez sucesso vou fazer mais e mais”, conta.

No primeiro vídeo, postado com a ajuda da irmã Larissa, a mais youtuber falou com bom humor sobre sua condição física após tirar um tumor da cabeça. Ela faz questão de explicar que a voz fina e as "tremidinhas" são consequências da cirurgia que fez. 

O vídeo fez tanto sucesso que ela já está sendo reconhecida na rua. “Na escola foi bem legal. Cheguei e o pessoal começou a tirar foto, pedir autógrafo. Saí para almoçar e já me reconheceram, vieram falar comigo. Pensei: Gente, eu já estou assim?”, brinca Lorena.

Familiares da menina estão surpresos com a fama repentina. “Eu ainda não acredito. Acho que o sucesso é devido ao carisma dela, à determinação. Antes dela ficar doente, sempre teve essa vontade de falar de esporte, mas na cama acabou vendo muitos vídeos e isso foi um incentivo. O canal foi uma forma de passar para as pessoas a luz que ela tem”, acredita a mãe, Fiorella Reginato.

Fiorella contou que quando o vídeo começou a fazer sucesso, ela e as filhas passaram a madrugada respondendo mensagens dos internautas. Lorena diz que se sente muito feliz em ajudar as pessoas. "Já teve gente que respondeu que a vida mudou depois do vídeo. Que o meu sorriso alegrou o dia delas", comemora.

Referência: Do G1 Bauru e Marília - Por: Heloisa Casonato -  * Com informações de Romulo D´Avila.

 

Compartilhe

Editor: Benedito Carlos Maciel
Corpo Editorial: Margaret de Castro, Benedito Carlos Maciel, Ricardo de Carvalho Cavalli
Coordenação Executiva: Célia Bíscaro
Assessoria Técnica: Seção Técnica de Informática da FMRP-USP
Assessoria: Assessoria de Imprensa do HCFMRP-USP, Assessoria de Imprensa HEAB, Assessoria de Imprensa do Hemocentro RP e Documentação Científica da FMRP-USP
Jornal Eletrônico do Complexo Acadêmico de Saúde - FMRP-USP | HCFMRP | FAEPA
2012 - Todos os Direitos Reservados - Fale Conosco