Centro de Medicina Genômica abre espaço para o futuro da Medicina no Hospital das Clínicas

Descobrir as causas de dezenas de doenças raras e complexas, permitir ao médico propor condutas terapêuticas personalizadas em respeito às características genéticas de cada paciente e ao mesmo tempo formar mão-de-obra especializada para conduzir os avanços provocados pela medicina genômica, são os objetivos do Centro de Medicina Genômica (CGM), do Hospital das Clínicas.

 A medicina genômica permite aos pesquisadores determinar as causas de uma doença e com isso abre-se dois caminhos de ação. No primeiro, o médico receberá informações precisas, detalhadas do paciente que ajudará na aplicação da medicina personalizada. O outro caminho que se abre com a medicina genômica é surgimento, a partir dos resultados das pesquisas de populações, a possibilidade de se criar políticas públicas para atenção e prevenção dessas doenças. Este é um dos objetivos do geneticista João Monteiro Pina Junior, professor da FMRP e que busca descobrir as causas das deficiências mentais de 800 alunos das Apaes em quatro cidades: Batatais, Serrana, Altinópolis e Limeira. (veja box).

Atualmente, o CMG atende a cerca de 500 pacientes do Hospital ligados aos programas de pesquisas desenvolvidos na Instituição. “No futuro, espero que em breve, poderemos estender aos pacientes do SUS o serviço oferecido pelo CMG de diagnósticos de doenças genéticas, afirma o coordenador Wilson Araujo Silva Jr, professor da FMRP-USP.

Além do benefício ao paciente, o CMG tem também como missão a formação de profissionais para trabalhar nesta área. “Com as novas plataformas de sequenciamento genômico, a área médica enfrentará uma nova realidade que exigirá o treinamento de uma nova geração de profissionais da área de saúde capazes de interpretar as informações do perfil genético dos pacientes e decidir qual o melhor seguimento clínico”, explica o coordenador.

Novo lugar - Uma área com 200m² é nova casa do Centro de Medicina Genômica (CMG) no HCFMRP-USP. Inaugurado, dia 9/6, o CMG utiliza novas tecnologias de genômica e de bioinformática aplicadas a testes genéticos.  O investimento na adaptação da área, que fica atrás do bloco G, do HC, e na compra de equipamentos é da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP, FMRP/USP e HCFMRP/FAEPA.

Início – O Centro de Medicina Genômica foi criado em 2012, na gestão do professor Marcos Felipe de Sá, a época superintendente do Hospital das Clínicas. Ainda sem local definido, o CMG compartilhou espaços com os departamentos: Patologia, Neurologia e Genética, além do Hemocentro de Ribeirão Preto.

Referência: Assessoria de Comunicação HCFMRP-USP

Tags:

Compartilhe

Editor: Benedito Carlos Maciel
Corpo Editorial: Margaret de Castro, Benedito Carlos Maciel, Ricardo de Carvalho Cavalli
Coordenação Executiva: Célia Bíscaro
Assessoria Técnica: Seção Técnica de Informática da FMRP-USP
Assessoria: Assessoria de Imprensa do HCFMRP-USP, Assessoria de Imprensa HEAB, Assessoria de Imprensa do Hemocentro RP e Documentação Científica da FMRP-USP
Jornal Eletrônico do Complexo Acadêmico de Saúde - FMRP-USP | HCFMRP | FAEPA
2012 - Todos os Direitos Reservados - Fale Conosco