Oficina de Sensibilização ao Envelhecimento chama atenção dos profissionais da saúde para as dificuldades enfrentadas pelos idosos

Imagina sentir na pele as limitações e dificuldades que acometem os idosos. Foi o que cerca de 60 residentes multiprofissionais (que atuam no HC) e residentes de Medicina de Saúde da Família (que atuam na Rede Básica de Saúde), experimentaram ao participar da segunda Oficina de Sensibilização ao Envelhecimento. A primeira edição da oficina aconteceu em abril de 2017 e teve a participação de cerca de 1200 funcionários do HC.

Os participantes passaram por quatro estações que simulavam algumas das dificuldades enfrentadas pelo idoso. Com esta iniciativa, a equipe do Hospital Amigo do Idoso espera que os servidores possam compreender as limitações do envelhecimento e possam promover uma melhora constante no atendimento e tratamento deste público.

Para tentar entender como é ser um idoso, cada participante percorreu um circuito de seis estações sensoriais. Ali, tiveram de usar cadeira de rodas simulando uma sequela de AVC. Tiveram que andar sobre colchonetes com imobilizadores nos membros inferiores restringindo abertura dos passos para simular as dificuldades de locomoção.

Também usaram luvas para experimentar a perda da sensibilidade, para pegar um comprido, por exemplo.

Uma das estações, possuía fotografias desfocadas e óculos que atrapalhavam a leitura, dificultando a visão. Receberam a instruções em um volume muito baixo e com ruído, para que não conseguissem ouvir direito.

Para exemplificar a dificuldade de deglutição, olfato e paladar, que muitas vezes leva o idoso a perder o apetite ou intensificar a quantidade de tempero na comida, expondo-o a doenças como hipertensão e diabetes, a equipe preparou um composto que não tinha gosto, nem cheiro.

A Oficina de Sensibilização é uma ação da equipe Hospital Amigo do Idoso que também visa a obtenção do “Selo Hospital Amigo do Idoso”. A certificação é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, que visa incentivar e apoiar a qualificação geronto-geriátrica dos hospitais.

Referência: Assessoria de Comunicação HCFMRP-USP

Compartilhe

Editor: Benedito Carlos Maciel
Corpo Editorial: Margaret de Castro, Benedito Carlos Maciel, Ricardo de Carvalho Cavalli
Coordenação Executiva: Célia Bíscaro
Assessoria Técnica: Seção Técnica de Informática da FMRP-USP
Assessoria: Assessoria de Imprensa do HCFMRP-USP, Assessoria de Imprensa HEAB, Assessoria de Imprensa do Hemocentro RP e Documentação Científica da FMRP-USP
Jornal Eletrônico do Complexo Acadêmico de Saúde - FMRP-USP | HCFMRP | FAEPA
2012 - Todos os Direitos Reservados - Fale Conosco