Jornal Eletrônico: Ferramenta de comunicação, instrumento de preservação da memória

  No mundo moderno, aprimorar e ampliar os mecanismos de comunicação com a sociedade é um desafio cada vez mais importante tanto para instituições privadas quanto públicas. Não menos significantes para a transparência e aprimoramento institucional são os processos de comunicação com os membros da própria comunidade, tarefa que se torna ainda mais complexa quando ela experimenta crescimento expressivo e se diversifica. Nossa Faculdade tornou-se, na última década, uma instituição bem mais complexa. A incorporação de 5 novos cursos de graduação (Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Fonoaudiologia, Nutrição e Informática Biomédica – este em parceria com a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras), somada aos dois cursos mais tradicionais (Medicina e Ciências Biológicas) aumentou expressivamente o número de vagas oferecidas (de 120 para 280), de alunos (de 600 para 1.300), bem como de carga horária por aluno (9.700 para 28.500 horas). Outro aspecto importante a destacar é que, com a inserção do Hospital das Clínicas no SUS, em 1989, e com a progressiva organização desse sistema público de atendimento, a entidade hospitalar, que é campo de ensino da Faculdade de Medicina, foi promovida a referência terciária do sistema, passando a acolher pacientes cada vez mais complexos, o que, nem sempre, a tornava adequada para o ensino de graduação. A necessidade crescente de locais de atenção à saúde de menor complexidade, mais propícios para a formação dos alunos de graduação, fez com que a Faculdade de Medicina e o seu Hospital das Clínicas, duas instituições juridicamente independentes, mas intimamente interligadas do ponto de vista funcional, estabelecessem novas parcerias para atender a esse objetivo. Como resultado, criou-se um amplo e importante complexo de atenção à saúde, com inserções em todos os níveis de atendimento (primário, secundário e terciário). Assim, além dos cenários tradicionais de extensão de serviços à comunidade, em nível terciário, o Hospital das Clínicas, Campus e Unidade de Emergência, o Complexo é composto por unidades de saúde de nível secundário, como o Hemocentro, o Centro de Saúde Escola, o Hospital Estadual de Ribeirão Preto, Centro Estadual de Referência da Mulher, a maternidade Mater, o Hospital Estadual de Américo Brasiliense, o Centro Integrado de Reabilitação vinculado ao Hospital Estadual de Ribeirão Preto, o Centro de Reabilitação do HCFMRP ligado à rede Lucy Montoro e, brevemente, o Hospital Estadual de Serrana. Na atenção primária, ele incorpora, ainda, um centro avançado de atendimento, em Cássia dos Coqueiros, e unidades de atendimento básico em Vila Lobato, Vila Tibério, Ipiranga, além de 8 núcleos de saúde da família  localizados na região oeste da cidade de Ribeirão Preto. Evidentemente, essa ampliação de atividades incrementou o desafio para oferecê-las com qualidade, competitividade e eficiência. Toda esta estrutura está interligada por uma rede de fibra óptica construída em parceria com a Universidade de São Paulo e que permite comunicação eletrônica rápida entre as diversas instituições. Por justiça, deve ser reconhecido que a constituição desse complexo não teria atingido o atual alcance sem a parceria com a FAEPA, a Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência do Hospital das Clínicas, que, cumprindo seus objetivos estatutários, assumiu o gerenciamento de várias dessas unidades de saúde. Essa parceria público-privada foi fundamental, uma vez que, por um lado, permite-nos cumprir nosso compromisso com a sociedade ao oferecer serviços de extensão de elevada qualidade e, por outro, atingir nossos objetivos de ensino e pesquisa em diferentes cenários de atendimento à população. Destaque-se, que essa ampla e apreciável infra-estrutura de atenção à saúde evidencia a abrangência da inserção desses serviços de atenção à saúde no SUS e a utilização desse complexo de atendimento médico como importante campo para produção de novos conhecimentos. Como manter um nível de comunicação interna adequado em um universo que inclui aproximadamente 340 docentes e 540 funcionários da FMRP, 2.800 alunos de graduação e pós-graduação, 5.500 funcionários do HCFMRP, 470 funcionários do Hemocentro, 800 médicos residentes ou estagiários e 2.200 funcionários da FAEPA, totalizando aproximadamente 12.700 pessoas? Dentro do quadro exposto, relevantes questões se nos apresentam: como tornar possível o contato e estimular a manutenção de vínculos mais estreitos e permanentes com a população de egressos tanto da FMRP como do HCFMRP? Esse contingente da comunidade já atingiu 5.580 graduados, 6.300 mestres ou doutores e 6200 médicos residentes formados, ou seja, uma população adicional que supera 18.000 pessoas. De uma abrangência potencial que ultrapassa 30.000 endereços eletrônicos, em um primeiro momento, este jornal atingirá um conjunto de aproximadamente 11.000 pessoas, considerando os e-mails disponíveis nas três instituições. Como levar a uma comunidade tão ampla informações institucionais relevantes, com custos operacionais pouco expressivos? O Jornal Eletrônico que passamos a editar a partir de hoje foi concebido como um instrumento para tentar vencer esses enormes desafios. Ele é dirigido a toda a comunidadedo Complexo Acadêmico de Saúde FMRP-USP/HCFRMP/FAEPA, tendo sido produzido como objetivo de fornecer informações atualizadas relativas aos diferentes aspectos das atividades-fim desenvolvidas no âmbito da Faculdade de Medicina e das Unidades de Saúde que compõem esse notável complexo,bem como de representar um foro democrático para manifestação de docentes ativos e aposentados, alunos, ex-alunos  e funcionários sobre temas acadêmicos relevantes. Na sua concepção visual, para facilitar a identificação pelo leitor, as manchetes das notícias são expressas em cores que tem significado específico: temas que envolvem exclusiva ou predominantemente a FMRP são mostrados em verde, enquanto aqueles que dizem respeito ao HCFMRP e à FAEPA aparecem, respectivamente, em azul e alaranjado. Temas comuns a todas as instituições têm suas manchetes mostradas em preto. Em face de sua edição quinzenal e de características específicas da estruturação do software em que se hospeda, é possível que esse informativo se transforme em arquivo detalhado, com valor histórico, do conjunto das atividades institucionais, uma vez que suas edições serão integral e permanentemente preservadas, podendo ser consultadas continuamente pelos leitores. O informativo terá sua formatação distribuída em diferentes seções e será enviado por e-mail, às sextas-feiras, a cada duas semanas. Os egressos da FMRP (graduação e pós-graduação) e do HCFMRP (médicos residentes, residentes multiprofissionais e aprimorandos) que estiverem cadastrados no Sistema de Egressos, a ele acoplado, também receberão o Jornal Eletrônico através de e-mail. Aqueles que tiverem acesso ao Jornal, ao se cadastrarem no Sistema de Egressos passarão a receber as futuras edições. Através do Jornal, eles também poderão enviar mensagens para a administração das Instituições do Complexo. As informações geradas nas diversas Unidades do Complexo poderão ser enviadas utilizando o mesmo software do Jornal Eletrônico e, quando aprovadas pela editoria, serão incorporadas na próxima edição do Jornal. As diferentes seções fixas que compõem o boletim informativo incluem: 1) Notícias e Informações relativas a temas relevantes envolvendo as instituições que compõem o Complexo Acadêmico em Saúde, incluindo aquelas de natureza estritamente acadêmicas, informações de cunho administrativo, divulgação de projetos, propostas ou atividades que envolvam a relação dessas unidades com o Sistema Único de Saúde, bem como para manifestação das entidades representativas discentes, médicos residentes, médicos assistentes ou de alunos de graduação ou pós-graduação, bem como de ex-alunos, relativas a temas de interesse da comunidade; 2) Vídeos em destaque, com acesso a cópias de vídeos veiculados por órgãos de comunicação envolvendo membros da comunidade acadêmica da FMRP ou de seus parceiros; 3) Divulgação de Eventos, destacando palestras, aulas, simpósios, congressos, cursos, exposições, lançamentos de livros, programados para a quinzena seguinte, com envolvimento da comunidade acadêmica do Complexo em Saúde; 4) Complexo de Saúde na Mídia, com cópias de textos, extratos de notícias ou vídeos veiculados por órgãos de comunicação envolvendo membros da comunidade acadêmica da FMRP ou de seus parceiros; 5) USP na mídia, destacando a Universidade na imprensa, com cópias de textos, extratos de notícias ou vídeos veiculados por órgãos de comunicação relativos à Universidade; 6) Concursos, promovendo a divulgação de concursos programados ou em andamento na FMRP e nas Unidades do Complexo; 7) Tribuna do Leitor, espaço para manifestações da comunidade acadêmica sobre temas divulgados previamente pelo informativo; 8) Teses e Dissertações, o Jornal Eletrônico divulgará as Dissertações e Teses com defesa pública agendada para a quinzena coberta pela edição; 9) Busca: será possível buscar edições anteriores mediante utilização de palavras-chave, numeração, mês ou ano da edição. Este jornal eletrônico foi planejado cuidadosamente nos seus aspectos técnicos e de comunicação visual. Ele envolveu o trabalho árduo e dedicado de muitos funcionários da FMRP, HCFMRP e FAEPA a quem expressamos o mais profundo e sincero agradecimento. Espera-se que ele se transforme efetivamente em uma ferramenta eficaz de comunicação e represente também um instrumento eficiente de preservação da memória das nossas instituições.   Prof. Dr. Benedito Carlos Maciel                                                                               Diretor da FMRP-USP Prof. Dr. Marcos Felipe Silva de Sá Superintendente do HCFMRP-USP Prof. Dr. Sandro Scarpellini           Diretor Executivo da FAEPA

Tags:,

Compartilhe

Editor: Benedito Carlos Maciel
Corpo Editorial: Margaret de Castro, Benedito Carlos Maciel, Ricardo de Carvalho Cavalli
Coordenação Executiva: Célia Bíscaro
Assessoria Técnica: Seção Técnica de Informática da FMRP-USP
Assessoria: Assessoria de Imprensa do HCFMRP-USP, Assessoria de Imprensa HEAB, Assessoria de Imprensa do Hemocentro RP e Documentação Científica da FMRP-USP
Jornal Eletrônico do Complexo Acadêmico de Saúde - FMRP-USP | HCFMRP | FAEPA
2012 - Todos os Direitos Reservados - Fale Conosco