\ Univ… > Jorn… == > Dest… > Dia…

Dia de luta contra Queimaduras

A equipe da Unidade de Queimados do Hospital das Clínicas juntamente com o Corpo de Bombeiros, SAMU, alunos da FMRP, pacientes e familiares promoveram um encontro educativo para celebrar o Dia de Luta contra Queimaduras.

O evento foi um alerta a população para a necessidade de prevenção de queimaduras e orientações quanto aos primeiros socorros. No encontro, a comunidade teve a oportunidade de ouvir o relato dos pacientes que retomaram suas vidas e suas rotinas após acidentes que causaram queimaduras.

A estimativa da Sociedade Brasileira de Queimaduras é de que pelo menos um milhão de acidentes desse tipo acontecem por ano no Brasil, sendo 300.000 em crianças.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Pediatria, as queimaduras são a quarta causa de morte entre as crianças. Na Unidade de Queimados do HC, anualmente, cerca de 40 crianças são internadas vítimas de queimaduras graves.

Quando envolvem crianças, os acidentes geralmente são domésticos. Setenta por cento desses acidentes acontecem em casa, principalmente na cozinha. Entre os acidentes mais comuns nas crianças de até seis anos de idade, estão as escaldaduras, que são causadas pelo contato líquido quentes. Medidas de prevenção, evitando o fácil acesso das crianças a fósforos, produtos inflamáveis e ferros de passar roupa, podem preservar vidas.

Nos adultos, os casos podem ocorrer em casa, no trabalho ou relacionado com rede elétrica. A partir dos sete anos e nos adultos as lesões que ocorrem com mais frequência são as causadas pelo contato com combustíveis inflamáveis, tais como: a gasolina, o querosene e o álcool líquido do uso doméstico. Houve também aumento de 15 a 20% nos acidentes de trabalho, principalmente com trauma elétrico e uso de fogareiros rechaud para aquecer panelas.

Referência: Assessoria de Comunicação HCFMRP-USP