\ Univ… > Jorn… == > Dest… > Equi…

Equipe da UE organiza rede de solidariedade

As mãos hábeis e a vontade de ajudar transformaram a sala da Nutrição da UE em uma linha de produção de máscaras

A rotina da equipe do Núcleo Multiprofissional da UE formada pelos serviços de farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, psicologia, serviço social e terapia ocupacional é intensa. A área é responsável quase 100 mil atendimentos por ano. Não falta trabalho e nem problemas para resolver, especialmente, nessa época de pandemia.

Neste cenário complexo de incertezas causadas pela pandemia, a equipe se uniu e achou que precisava fazer mais do que o exaustivo trabalho que já realizam e organizou um mutirão para confecção de máscaras.

O serviço de Nutrição assumiu a responsabilidade da organização e protagonizou a ação que envolveu doações, tecidos, tesouras, elásticos, medidas e muitos voluntários.

A partir daí, uma verdadeira rede de solidariedade se formou e as mãos hábeis e a vontade de ajudar transformaram a sala administrativa da Nutrição da UE em uma linha de produção de máscaras de tecidos laváveis e reaproveitáveis.

“Nós contamos com a colaboração de funcionários, amigos e parentes para arrecadar materiais”, explica a nutricionista e chefe da Divisão de Nutrição e Dietética da UE, Thereza Lunardi. “Para costurar, lavar, passar e distribuir, contamos com funcionários de todas as áreas da UE”, completa.

Inicialmente, as máscaras seriam entregues somente para funcionários do Núcleo Multiprofissional, mas as mais de 1.500 máscaras confeccionadas foram suficientes para distribuir para funcionários de apoio da UE, pacientes da sala de urgência e farmácia de alto custo.

A equipe tomou todos os cuidados na confecção das máscaras. “Consultamos a equipe da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar para que a produção fosse realizada de maneira segura” explica a nutricionista Theresa. Vale lembrar que as máscaras não são usadas para assistência aos pacientes.

“A Covid trouxe insegurança para o ambiente hospitalar e essa ação solidária mudou o foco de quem estava envolvido, transformou o medo em trabalho”, conta Theresa. “Foi emocionante vivenciar o espírito de união e solidariedade para levar um pouco mais de calma e segurança aos colegas”, completa.

 

A solidariedade transformou a sala da Nutrição em uma linha de produção de máscaras

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As máscaras foram entregues aos funcionários para serem usadas no translado

 

 

 

 

 

 

 

 

Para Thereza “foi emocionante vivenciar o espírito de união e solidariedade da equipe”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dona Aparecida Conte dos Santos de 84 anos faz parte da rede de amigos que está ajudando na confecção das máscaras

Referência: Assessoria de Comunicação HCFMRP-USP – Por: Por Patrícia Cainelli
Validação Francine Rodrigues e Thereza Lunardi