\ Univ… > Jorn… == > Comp… > Esto…

Estoque do Banco de Leite do HC está 65% abaixo do ideal em Ribeirão Preto, SP Unidade no HC conta com 70 litros, enquanto o necessário seriam 200 litros. Leite materno é destinado a bebês prematuros; saiba como doar.

O Banco de Leite Humano do Hospital das Clínicas (HC) está com 65% de estoque abaixo do ideal em Ribeirão Preto (SP). De acordo com a diretora técnica do HC Larissa Garcia Alves, o leite coletado de mulheres no período de amamentação é importante para o desenvolvimento de bebês prematuros internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“Um litro de leite pode atender até dez bebês prematuros ou bebês doentes”, afirma.

Segundo ela, a unidade possui 70 litros, o que representa 35% do ideal, de 200. A diferença se deve às férias de final de ano e à falta de informação, diz Larissa. “Algumas mães que amamentam não sabem que podem ter esse ato de doar esse leite para os bebezinhos.”

Saiba como doar
De acordo com Larissa, mulheres que desejam doar não podem ter nenhuma doença infectocontagiosa. “Ela vai doar o que sobra no peito dela. Então, qualquer volume que ela tirar já é importante para os nossos bebês”, diz.

Segundo a diretora técnica, as mães podem tanto ir o Banco de Leite, que fica na Avenida Santa Luzia, no Jardim Sumaré, quanto fazer a coleta em casa por meio de um frasco enviado pela equipe.

Interessadas em fazer a doação devem ligar para o HC, pelo telefone (16) 3610-8686, para fazer o agendamento. O Banco de Leite fica aberto ao público de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Serviço – Doação para o Banco de Leite Humano
Local: Avenida Santa Luzia, 387, Jardim Sumaré (Ribeirão Preto-SP)
Horário: de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 17h
Quem pode doar: mulheres que estejam amamentando, sem doenças infectocontagiosas
Informações: 16-3610-8686.

Banco de Leite está com 65% de estoque abaixo do ideal em Ribeirão Preto (Foto: Reprodução/EPTV)Banco de Leite está com 65% de estoque abaixo do ideal em Ribeirão Preto (Foto: Reprodução/EPTV)
 

Referência: Do G1 Ribeirão e FRanca