\ Univ… > Jorn… == > Dest… > Hosp…

Hospital Estadual Américo Brasiliense irá criar um comitê de gestão ambiental

Preocupada com a responsabilidade socioambiental, a administração do Hospital Estadual Américo Brasiliense decidiu implantar um comitê de gestão ambiental na instituição.
O grupo será formado por colaboradores e terá a responsabilidade de orientar as ações realizadas no HEAB com o cuidado ambiental.
Na primeira reunião realizada com membros da Diretoria e do SESMET foram definidas as estratégias e prazos para o cumprimento das ações.
De acordo com a Técnica de Segurança do Trabalho, Maria Augusta F. da Silva Borges, com a estrutura e a capacidade do Hospital Estadual Américo Brasiliense, foi identificado que as ações já realizadas, como descarte correto das lâmpadas, reciclagem de papelões e óleo vegetal, poderiam ser ampliadas com a formação de um comitê.
Para o primeiro momento, o HEAB irá trabalhar com as seguintes ações: Planeta livre do mercúrio, reciclagem e descarte correto dos resíduos, reaproveitamento de materiais para confecção de artesanato, reflorestamento, reaproveitamento dos resíduos da marcenaria e da manutenção (entulho da construção), economia de água e energia, coleta de resíduos eletrônicos, de pilhas, baterias e óleo vegetal.
O HEAB já realiza o descarte correto de lâmpadas fluorescentes, que são fonte de contaminação do meio ambiente e seres vivos (incluindo o homem), pois o mercúrio (Hg) presente no interior das lâmpadas é um metal pesado extremamente tóxico e bastante volátil, sendo considerado de Classe I, ou seja, perigoso.
Pesando nisso, para o descarte adequado das lâmpadas inservíveis (queimadas), o HEAB contrata uma empresa especializada para descontaminação, recuperação total do mercúrio e destinação correta de acordo com a legislação vigente. Atendendo assim, a Política Nacional de Resíduos Sólidos – LEI Nº 12.305, DE 2 DE AGOSTO DE 2010.