\ Univ… > Jorn… == > Dest… > Jorn…

Jornada de Prevenção ao Risco para o Suicídio reúne profissionais de saúde do complexo HC

“Qualificação do Cuidado, Detecção de Risco e Prevenção do Suicídio por Profissionais de Saúde”, este foi o tema da 3ª Jornada de Prevenção ao Risco para o Suicídio.

Na mesa que discutiu “Cultura e Interseccionalidade”, a professora e psicóloga Laura Crovador, da FFCLRP-USP falou sobre “Reflexões a partir de aspectos históricos e culturais“. A professora e assistente social da UFRJ e UFF, Rachel Gouveia Passos contribuiu com a discussão falando sobre “Raça, Classe e Gênero X Suicídio”

A discussão sobre Qualificação do Cuidado foi orientada pela enfermeira e professora da EERP, Kelly Graziani e pelo médico psiquiatra do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão, Alcion Sponholz Junior

Outro tema discutido na jornada foi a atuação da equipe multiprofissional da unidade de emergência em situações de tentativa de suicídio: “O que os fisioterapeutas, nutricionistas, farmacêuticos, terapeutas ocupacionais, psicólogos, assistentes sociais, fonoaudiólogos, médicos e enfermeiros têm a ver com isso?”A mesa foi conduzida pela coordenadora multiprofissional da Unidade de Emergência Francine Vital.

A assistente social atuante na psiquiatria da Unidade de Emergência, Kelly Amaral, que organizou as últimas três Jornadas, explica que “durante muito tempo falar do sofrimento interseccionalizando com questões de classe, raça e gênero, ficou invisibilizado, fomentava-se apenas uma lógica biologicista e medicalizante isenta de reflexões criticas sobre esta dada sociabilidade que colabora diretamente no processo saúde-doença”. Ela esclarece que “ atendendo as avaliações das jornadas anteriores, que corroboraram e deram força as discussões que fomentam o conceito de totalidade do cuidado, pautamos na 3ª jornada, em, através do evento, cuidar e apresentar detalhes como a música, a arte, a alimentação minimamente saudável”

A assistente social conta que a “comissão organizadora também achou importante incluir palestras que contassem um pouco sobre a trajetória do suicídio nas diferentes organizações societárias, o conceito de classe, raça e gênero como diretamente relacionado as formas de sofrimento que podem levar ao suicídio. E para completar , abordamos também a qualificação do cuidado, exemplificando uma situação de atendimento em urgência que demandou atenção multi e interprofissional.” , completa.

A assistente social Kelly ressalta os “agradecimentos aos palestrantes, a diretoria da Unidade de Emergência e principalmente a equipe organizadora do evento, que com sua criatividade exuberante, tem recebido muitos agradecimentos.”

Equipe Organizadora:
Kelly Paula do Amaral Brito
Wellen Ruiz
Letícia Rosa
Kleber Vieira
Sinaria Lelis
Gislaine Boldieri
Rosangela Sanches
Jaqueline Almeida
Vilsinho Juri
Francine Vital

Referência: Assessoria de Comunicação HCFMRP-USP