\ Univ… > Jorn… == > Dest… > Núcl…

Núcleo Interno de Regulação (NIR) reduz tempo de internação na Unidade de Emergência

Há ações administrativas ou operacionais tomadas em um hospital em que o paciente é beneficiado, mas nem percebe. Um desses exemplos é a implantação do Núcleo Interno de Regulação (NIR), na Unidade de Emergência (UE), em fevereiro de 2016, durante a gestão do professor Antônio Pazin Filho. 

De acordo com o diretor do Departamento de Assistência à Saúde (DAS) José Paulo Pintya, “o NIR contribui para tornar mais ágil o fluxo assistencial, fazendo com que fossem otimizados o diagnóstico e terapia, o que resulta em melhoria da resposta assistencial, diminuição de complicações, menor custo hospitalar, desospitalização em tempo adequado e oferecimento maior de um recurso terciário à rede de urgência e emergência”.  

De acordo com Pintya, “o número de pacientes com tempo de permanência acima de 48 horas na sala de urgência diminuiu muito, sendo que, no dia a dia, poucos pacientes, hoje, estão nesta condição. Pacientes de alta da CTI não têm permanecido mais do que 24 horas esperando leito e poucos pacientes têm ficado de alta de um dia para o outro no CTI. Os casos são mais raros hoje em dia”, explica. 

A equipe é composta pelo doutor Sérgio Innocente, diretor do NIR-UE, a assistente social Leni Peres Cerillo, as enfermeiras Karina Messias e Valmira Ferrari e o enfermeiro Anderson Ferrone. O Núcleo funciona de segunda a sexta das 7 às 19 e sábados e domingos das 7 às 13 horas.

De acordo com diretor do DAS, “todas estas funções são realizadas com muito diálogo com as equipes, tentando minimizar os problemas encontrados. O NIR é parceiro de quem está na assistência”. 

Referência: Assessoria de Comunicação HCFMRP-USP