\ Univ… > Jorn… == > Dest… > Plan…

Plano Obras HCFMRP-USP traça metas para expansão

Prédio do HCFMRP-USP

 Investimentos fortalecem a missão do HC
O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP já deu início à execução do plano de expansão para os próximos dois anos e meio. São projetos que atendem o objetivo estratégico de fortalecer a missão hospitalar, especialmente na organização dos atendimentos de acordo com a hierarquização do SUS.
Os projetos, financiados pelo Governo do Estado de São Paulo, prevêem equipamentos e infra estrutura em sintonia com a atenção hospitalar terciária e quaternária prestada por pelo Hospital. “Nossos projetos de crescimento e nossa visão de futuro estão fundamentados nos princípios do SUS, preservando a qualidade conquistada ao longo dos últimos anos”, explica o superintendente do HC, Prof. Dr. Marcos Felipe de Sá.
“Procuramos também modernizar, permanentemente, nosso modelo de gestão, tendo como diretriz precípua a melhoria contínua dos processos, atuando de acordo com as políticas públicas de saúde e trabalhando intensamente, na busca de resultados qualitativos, através da análise de desempenho”, conclui.
Entre os projetos estão as ampliações do Centro de Terapia Intensiva, Unidade Coronariana, Unidade de Transplante Renal e implantação dos Centros de Oftalmologia e Otorrinolaringologia, Central de Transplantes, Unidade Vascular na Unidade de Emergência. Tambem estão programados obras de modernização da infraestrutura hospitalar e aquisição de novos equipamentos.
Ampliação do Centro de Terapia Intensiva e Unidade Coronariana: Um grande projeto

Instalações do CTI e da Unidade de Coronariana.

A ampliação do Centro de Terapia Intensiva (CTI) e Unidade coronariana (UCO) é um dos projetos de maior importancia para o Hospital . Com a reforma, o CTI, que hoje conta com 9 leitos, passará a operar com cerca de 40 leitos. A Unidade de Coronariana que atuamente possui 5 leitos passará a ter 15 leitos.
O projeto arquitetônico do Centro de Terapia Intensiva do HC Campus está em fase de conclusão. Ocupará á area atual da Unidade de Tranplante Renal (UTR) no 2ª andar, próximo do elevador, com fácil acesso para todas as enfermarias e Recuperação do Centro Cirúrgico. A UTR passará a desenvolver suas atividades no 10º andar.
A nova UCO ocupará o espaço onde hoje está instalado o Serviço de Arquivo Médico (SAM) que será transferido para o primeiro pavimento do prédio principal.
O cronograma das obras já está concluído. É um projeto grande que vai mexer com diversas áreas no Hospital pois são várias obras ao mesmo tempo. A Secretária da Saúde vai acompanhar a obra e liberar recursos. A intenção da Administração é concluir as obras até 2014.
Central de Transplantes
Em consonância com a missão institucional de fortalecimento da assistência hospitalar de alta complexidade, será implantada uma Central de Transplantes na enfermaria de Cirurgia, concentrando assim a atenção hospitalar à pacientes potenciais ou submetidos à transplante de fígado, rim, pâncreas. A Central contará com infra estrutura técnica, material e de recursos humanos para expansão de outros tipos de transplantes.
Nos últimos 5 anos, o HCFMRP-USP realizou  mais de 1000 transplantes   e esta proposta de instalação de uma Central vem impulsionar e incrementar a área, que se constitui  em necessidade de saúde da população regional.
Ampliação da Unidade de Diálise 

Unidade de Diálise do HCFMRP-USP

Está em fase de elaboração o projeto executivo de reforma da área física da Unidade de Diálise do HCRP. O projeto propõe a reorganização do serviço, com ampliação e construção de novas salas.
As salas serão adaptadas para receber os novos equipamentos, a intenção é ampliar o número de máquinas do setor, que hoje conta com  18 máquinas para aproximadamente 30 máquinas.
Com esta proposta, a unidade de pacientes agudos que atualmente funciona na Unidade Transplante Renal, será transferida e funcionará junto à Unidade de Diálise, proporcionando aos pacientes um atendimento mais humanizado e ágil. A previsão é de que as obras sejam iniciadas no primeiro semestre do próximo ano.
Novos Centros de Oftalmo e Otorrinolaringologia
Outro projeto importante é o Centro de Otorrinolaringologia que funcionará na área desativada do CCI. Atualmente, o ambulatório de otorrino encontra-se em áreas físicas descentralizadas e limitadas, dificultando a realização das atividades e o atendimento da demanda regional.
Além disso, a Otorrinolaringologia está atualmente com seu movimento disperso, pois além do Ambulatório, presta atendimento na Casa 20 (localizada no Campus), onde funciona o Centro de Deformidades da Face.
O Ambulatório de Oftalmologia terá uma ampliação importante, na área a ser desocupada pelo Ambulatório de Otorrinolaringologia. Esta ampliação visa adequar o atendimento ambulatorial oftalmológico de alta complexidade visando propiciar uma atenção mais humanizada. O atendimento em oftalmologia é um dos mais volumosos do HCFMRP-USP.
Unidade Vascular na UE
A implantação de uma Unidade Vascular incorporando a Unidade Coronariana é um grande projeto da Unidade de Emergência.
A Unidade terá área física definida e equipe médica própria destinados ao atendimento de pacientes com doenças vasculares agudas: o Acidente Vascular Cerebral (AVC), as doenças coronarianas agudas, a embolia pulmonar e as síndromes aórticas agudas. Ela combina em um só espaço físico os benefícios das Unidades de dor torácica com os benefícios das Unidades de AVC Agudo. O objetivo primordial da Unidade Vascular é tornar mais rápido, mais fácil e mais seguro o tratamento da fase aguda das doenças vasculares.