\ Univ… > Jorn… == > Dest… > Prof…

Profissionais do Hospital das Clínicas tem suas histórias de vida contadas em livro

Orlando, Catalina, Clara, estudantes do FelizIdade. Pessoas, aparentemente comuns, com histórias extraordinárias de vida, de garra, de solidariedade, de superação. Histórias inspiradoras que vivem na rotina do HC.

Pelas mãos do médico, em torno de 400 pessoas ganharam um fígado novo. Ele foi o primeiro a realizar um transplante do órgão no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, implantando o serviço na Instituição.

Clara e o GATMO (Grupo de Apoio ao Transplantado de Medula Óssea) tem uma história de 27 anos de acolhimento aos pacientes que buscam tratamento e a cura pelo transplante de Medula Óssea.

Do reiki à meditação, a médica Catalina leva fé e terapias alternativas para hospitais. Ela coordena a Rede de Apoio Espiritual de Ribeirão Preto e Região, que hoje envolve cinco hospitais, representantes de religiões diversas e mais de 150 mensageiros voluntários.

Toda segunda e quarta-feira estudantes da USP de Ribeirão Preto paralisam a correria do cotidiano por duas horas para levar alegria a pacientes do Hospital das Clínicas. O nome do projeto se explica quase sozinho: FelizIdade. Levar felicidade as pessoas da terceira idade.

Essas histórias foram contadas com poesia e sensibilidade pela jornalista Daniela Penha, no livro “História do Dia – Um novo olhar sobre o cotidiano pela trajetória de 50 pessoas”, lançado ontem, 13 de junho na Feira do Livro de Ribeirão Preto.

A obra é resultado do segundo ano do projeto História do Dia (www.historiadodia.com.br), que tem como lema “todo mundo tem uma história para contar e toda história tem sua importância”. A autora Daniela Penha conta que “ o livro é um pouco da história de cada um de nós que está ali, nas pessoas com as quais nos identificamos e compartilhamos a beleza que mora nas coisas mais simples do dia a dia. São trajetórias inspiradoras, que dão cores novas para o cotidiano e mostram que histórias fantásticas habitam as pessoas comuns”.

Referência: Assessoria de Comunicação HCFMRP-USP