\ Univ… > Jorn… == > Dest… > HC s…

HC seleciona novos residentes


Cerca de 2.500 candidatos disputam 220 vagas para residência médica do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto. Para serem aprovados, farão prova escrita no dia 4 de dezembro, e prova prática no dia 15 de dezembro.
A prova escrita, desde a década de 70, é eliminatória e aplicada na primeira fase, com peso de 50% na avaliação geral e a prática, na segunda, com peso variando de 40% a 50% na nota final, dependendo da existência de entrevista, com 10%. Na prova escrita, os candidatos têm 4 horas para responderem 100 questões distribuídas entre Obstetrícia/Ginecologia; Clínica Médica, Cirurgia, Pediatria e Medicina Social. Esta prova é aplicada num colégio da cidade onde todo conforto é fornecido aos candidatos. Os aprovados nesta primeira fase são chamados para a Prova Prática e, para algumas áreas, também para a entrevista.
O HCFMRP foi o primeiro hospital do país na aplicação de exame prático para residência médica, instituída em 2005. O desafio da montagem de uma complexa logística para a prova prática, para a segunda fase cabe à Comissão de Prova, indicado pela Coreme (Comissão Residência Médica) no começo do ano. Os membros dessa comissão, capitaneados, há 30 anos, pelo professor Rui Mamede passam a exercer funções específicas, visando o aperfeiçoamento do processo seletivo. Participam ativamente docentes da Ginecologia e Obstetrícia, Clínica Médica, Cirurgia Geral, Pediatria e Medicina Preventiva e Social na elaboração das “estações”. Os candidatos permanecem 4 a 6h no ambulatório do HC da FMRPUSP onde as “estações” são montadas. Eles são avaliados ao serem colocados em situações clínicas que exigem decisão, resolução ou aplicação de técnicas nas diversas áreas médicas. Nestas simulações envolvem o uso de manequins, outras vezes de supostos pacientes (adultos ou recém-nascidos) que necessite de exames subsidiários, atendimento a poli traumatizados ou simplesmente orientação clínica.
Ao todo, são montadas 80 estações práticas às quais os candidatos são direcionados, segundo indicação de computadores. Com passagens cronometradas e sob supervisão docentes, a nota do desempenho dos candidatos é atribuída. Após o desempenho os candidatos são encaminhados à área de repouso onde poderão consumir alimentos de fácil digestão. Haverá também médico de plantão, fisioterapeuta e técnicos especializados para o bom andamento da prova.
O Programa de Residência Médica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, com mais de 50 anos de pioneirismo, tem uma expressividade muito grande no cenário da Residência Médica no País. Atualmente, conta com 514 residentes, sendo o segundo maior corpo de médicos residentes do estado e a certeza de estar exercendo o mais legítimo e eficiente sistema de treinamento em serviço.